21 Salas Pequenas, Todavia Aconchegantes

01 Mar 2018 01:25
Tags

Back to list of posts

A sala de estar, como o próprio nome diz, é um espaço no qual é fundamental amar de estar. P2250112-vi.jpg Receber os amigos, ler um excelente livro, ver à televisão, bater um papo ao telefone - este recinto da residência aceita diversas atividades, ainda que têm medidas compactas. Pra em tal grau, conforto e praticidade são palavras chave ao elaborar a sua sala. Essas 21 salas, apesar de pequenas, são aconchegantes e trazem informações e ideias preciosas de decoração para este espaço da casa. Nessa sala, o colorido é pontual.Cadeiras leves e compactas, como a rosada, são a todo o momento bem-vindas em espaços menores, dado que conseguem se locomover com facilidade, oferecendo assento pros convidados ou apoiando livros. O móvel de laca concentra aparelhos de DVD, receiver e caixas acústicas. A porta de correr nunca atrapalha a passagem. Se não há ambiente pra mais estofados, vale investir em um sofá confortável. Este retém espaldar e braços baixos, para não pesar no recinto.Ao lado dele, a mesinha, com apenas vinte e cinco cm de largura, vira uma aliada na hora de assistir Televisão ou receber os amigos – ela deixa controles remotos à mão e assim como Plataforma ElevatóRia Https://Www.Grupoapc.Com.Br/Plataformas-Articuladas/ acomoda copos e aperitivos. Projeto de Marcella Leite e Leonardo Strauss. Móveis que não oferecem contratempo à circulação valem ouro em espaços exíguos. Bem como conta pontos ser suave, ter medidas compactas e não ocupar amplo volume visual.Esta sala é um modelo perfeito disso. A cristaleira, com um visual leve, mistura vidro e perfis metálicos brancos e estreitos. A cadeira de serviço, transparente, segue a mesma linha. Optou-se por uma estante vazada, que não pesa pela decoração e dá certo como home office e home theater: a moradora assiste a filmes no micro computador, por não ter aparelho de Tv.Projeto de Maristela Gorayeb. Esta sala, arejada e iluminada, é de modo clássico. As poltronas da década de 1940 se declaram em frente à estante baixinha, sob a janela. Esse móvel corre de ponta a ponta no recinto, organizando livros e servindo de aparador para telas e arranjos. Projeto de Dante Della Manna. Esse projeto integrou os ambientes pra garantir a emoção de amplitude.Sala de jantar, estar e o espaço que recebe hóspedes têm na decoração uma aliada pra delimitar cada área. O estar, na área revestida pelo tapete, resguarda a Televisão e o DVD em um balcão multiúso, na frente do sofá. O proprietário optou por cinza-claro nas paredes, que oferece um ar masculino ao espaço. Projeto de Bernard Leroux. Você pode pretender ler mais algo mais profundo referente a isso, se for do seu interesse recomendo ir até o web site que originou minha post e compartilhamento dessas infos, acesse plataforma elevatória https://www.grupoapc.com.br/plataformas-articuladas/ e leia mais sobre isto. P2250112-vi.jpg Integração total – não há divisórias entre estar, escritório, sala de jantar e cozinha.Nesse lugar se vê a área reservada ao estar, com móveis de madeira e estampas geométricas. O conjunto se volta para a Televisão, que fica sob a escada, prova de que todo espaço é bem aproveitado nesse projeto. Projeto de Paulo Castellotti. Peças versáteis ajudam cada vez que é preciso conceder novas funções à sala de estar. O sofá (à esquerda) é um exemplo disso: dobrável, ele se transforma em cama e pufe. A mesa de acrílico dá leveza ao ambiente.À direita, o arquiteto projetou uma caixa vazada de laminado – a quota inferior serve como botequim, e o tampo de 80 cm de profundidade substitui a mesa de jantar. Projeto de Ricardo Umada. Compacto, esse estar é formado essencialmente de uma cadeira e um sofá de um só braço, pouco volumoso. A mesa de centro Tulipa, de desenho suave, serve como apoio. Um canto de leitura, com estante e mesa, complementa o espaço, ocasionando-o multiúso.Projeto de Heloisa Maia Campos. Esta decoração de atmosfera masculina privilegia tons sóbrios e móveis de agradável desenho. O cinza da parede é a cor predileta do morador graças a seu extenso poder de adaptação – apesar de ser um tom gelado, se revela aconchegante ao fazer parceria com outros tons e texturas. Projeto de Antonio Gomes Júnior. Feminina e delicada, esta decoração ganhou tecidos românticos e peças multiúso. Encostados pela parede, os móveis alongam a área de circulação.Uma vantagem para as pessoas que aprecia ganhar, já que, quando chegam os convidados, fica acessível concentrar pufe, banco e cadeiras da sala de jantar. O móvel-aparador reúne aparelhos eletrônicos, CDs e o pufe. Os futons assim como oferecem mais um território de assento. Pela lateral do sofá, a mesa-bandeja se desloca para o centro quando há visitas. Projeto de Cristina Bozian. Com uma apoio neutra, pitadas de cor e marcenaria bem inventada, desenvolveu-se por aqui uma decoração funcional e cheia de personalidade.Make up (três)Espalhe a areia, formando uma camada de uns 15 cmArmação e ferragemcinco - Transformação de estiloAo lado da Tv, destaca-se na parede pintada de preto a tela de Mônica Sartori. Observe como o desenho do móvel baixinho respeita o espaço da obra de arte. Combinaram-se móveis antigos (a poltrona vermelha) e novos (o sofá da sala), salpicando cor com parcimônia. Projeto de Lúcia Cotta. Pela reforma, esse apartamento, de 42 m², perdeu todas as paredes divisórias.O sofá de chapas de compensado de reflorestamento, dividido em duas partes, vira uma cama: basta remover o sofá da posição em L e deixar os módulos unidos, formando um quadrado. Rodízios facilitam a montagem. Dois colchões de solteiro compõem o assento, forrado com lona de caminhão costurada no avesso. Sob a janela, estrados produzidos com retalhos de madeira apontam o trajeto do quarto, e a estante funciona como uma divisória entre a área social e a íntima. A profundidade de cinquenta e dois cm permite acomodar objetos de ambos os lados.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License